Carcará elimina Timbu da Copa do Nordeste 3×1

Foto: George Fernandes/Supramax/Especial para o JC

O Salgueiro voltou a mostrar força dentro de casa e garantiu a vaga nas quartas de final da Copa do Nordeste com uma vitória por 3×1 sobre o Náutico.




Leão dançou regue na ilha 3×1

2D18032015037

O Sport venceu, classificou e é o que interessa.

Ponto.

Mas não precisava ser desse jeito, com drama e até suspense.

Sem falar no calço que o próprio Sampaio deu ao Sport para alcançar o topo da tabela, punido por escalar Curuca irregular. Deixou de ser Curuca e virou uruca para os maranhenses.

A verdade é que o Leão tem elenco e orçamento para levar a vida no Nordestão na valsa, e não num drama digno de uma ópera.

Diego Souza fez o gol, ajudou na vitória, mas ainda não vale quanto pesa. Ou quanto se paga. Pela primeira fase que fez no Nordestão, deveria dar um troco ao Sport.

E Páscoa nem se fala, está mais para Finados.

Mas como foi dito, o que importa é a vitória, os três pontos é a consciência do dever cumprido.

Não deu para gargalhar, verdade, mas é melhor sorrir amarelo do que chorar.




De Jardim Paulista para o futebol Brasileiro

11064946_685722754887350_1716121969_o

O atacante Douglas começou sua carreira nas categorias de base do Clube Náutico Capibaribe como goleiro, mais não obteve sucesso, passando a jogar como atacante, caiu na graça do treinador… e fez muito sucesso chegando a jogar em vários clubes do futebol brasileiro, hoje está jogando no futebol Potiguar, no Santa Cruz do Rio Grande Norte.

Parabéns…




O Grande Encontro….

1524950_1568754586684275_2662772179294060419_n

Leonardo, Nildo e Chiquinho para matar saudades!




Estrelas de Pernambuco -Goleiro Manga




Primo de Ana Hickmann jogou no Inter, Barcelona e Sport

Cléo e Ana Hickmann são primos

A família Hickmann é conhecida atualmente principalmente pela apresentadora Ana Hickmann, que comanda o Hoje em Dia, na Record. Mas, antes mesmo da modelo brilhar na telinha, um nomes da família chamava a atenção, o meia Cleo Hickmann.

Cleo teve uma carreira curta no futebol, largou os gramados antes de completar 30 anos devido à lesão no joelho. Mas, mesmo assim, ele teve tempo de fazer história, defender clubes como o Barcelona, Inter, Palmeiras e Sport ainda ser campeão pela seleção brasileira, como capitão.

A passagem dele pelo Barcelona foi relâmpago, tanto é que poucos lembram dele quando falam de brasileiros que defenderam os catalães. Cléo jogou durante três meses em 1982 e foi para a equipe para a vaga deixada pelo alemão Schuster, que havia se machucado. No entanto, a chegada de outro atleta estrangeiro, da mesma posição, fez com que ele não ficasse no time. Esse jogador era Maradona.




Em clima melancólico, Belo e River-PI se despedem abraçados do Nordestão

Botafogo-pb x river-pi, almeidão (Foto: Phelipe Caldas / GloboEsporte.com/pb)

Dos 10 jogos da última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, apenas um não interfere em nada na classificação de quem avança para as quartas de final do torneio. Os torcedores de River-PI e Botafogo-PB vão acompanhar sem nenhuma emoção o encontro dos dois times nesta quarta-feira, às 22 horas, no estádio Albertão, em Teresina. Nos demais, todos no mesmo horário, pelo menos um time briga para avançar de fase, se consolidar na liderança ou ficar entre os três melhores segundos colocados. Eliminados do Grupo D, Galo e Belo se despedem do Nordestão sem ter motivos para lembrarem da competição neste ano.

 

River-PI: No último coletivo, Flávio usou dois esquemas, um deles o 3-6-1. Depois, usou Fabinho e Rhuann no ataque. A provável escalação deve ser Naylson, Índio, Paulo Paraíba e Rafael Araújo; Tote, Amarildo, Rogério, Luís Augusto, Thiago Marabá e Siderval; Lucas Bacelar.

Botafogo-PB: Com mudanças no time, Vilar deve começar o confronto com Edson, Gustavo, Carlinho Rech, Wesley e Marquinhos; Zaquel, Nata, Túlio Souza, Chapinha e Fábio Gama; Bismarck.




Regularidade é trunfo de Danny Moraes

Paulo Henrique Tavares/FolhaPE

Durante este início de temporada, o técnico Ricardinho não conseguiu repetir seu time principal em nenhuma das oito partidas disputadas até o momento. Um nome, no entanto, se mantém intacto, sempre incluso na lista de titulares da equipe. Ele é o zagueiro Danny Morais. Apenas no sistema defensivo, do qual faz parte, o jogador viu o goleiro Fred ganhar a posição de Bruno, seis atletas passarem pelas duas laterais, e no último jogo fez dupla com Diego Sacoman, substituto de Alemão.

Essa dança de cadeiras pode ser a justificativa para o Santa Cruz ter sofrido 10 gols no Campeonato Pernambucano, sendo assim, a segunda pior defesa da competição. Seu objetivo inicial, destacado logo quando chegou ao Arruda, o jogador está mantendo. “Quando fui contratado falei da intenção em jogar todas as partidas. Felizmente estou mantendo essa regularidade. Espero consegui manter essa regularidade durante a temporada e ajudar a equipe a melhorar cada vez mais a evoluir na competição”, disse Danny Morais.




Chegada de Lisca trouxe confiança ao zagueiro Flávio

Quando o Náutico montou sua lista de zagueiros para a temporada, o nome de Flávio figurava como uma das últimas opções para brigar pela titularidade. Elivélton, Welton Felipe e o já dispensado Leandro Euzébio eram os jogadores com mais chances de formarem o miolo de zaga. Mas esse planejamento mudou assim que o Timbu demitiu Moacir Júnior e trouxe Lisca. Com o novo técnico, Flávio ganhou uma oportunidade no time principal.

Não é a primeira vez que Lisca ajuda o defensor. Foi justamente o técnico o responsável por tornar Flávio titular do time em 2014. O jovem zagueiro atuou em boa parte do Campeonato Pernambucano, ao lado de Luiz Alberto. Com a saída de Lisca e a entrada de Sidney Moraes, as chances foram diminuindo.




Apcef/PE faz show com The Fevers no Círculo Militar – É neste sábado 21/03