Série B – Hoje tem clássico no nordeste, Bahia x Náutico

Gallo Náutico (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)

Pode parecer contrassenso questionar o poder de finalização de uma equipe que, no último jogo, enfiou cinco no adversário –  o Sampaio Corrêa. O caso do Náutico, porém, é um tanto mais complicado. É que os dois jogos fora de casa nesta Série B tiveram roteiros semelhantes: em determinado momento, o Timbu foi superior a Criciúma e Londrina, mas perdeu gols e foi castigado mais tarde. Perdeu as duas. Para evitar uma repetição nesta terça-feira, contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, o desafio é melhorar a definição dos lances.

O JOGO

Quando: Terça-feira, às 19h15
Onde: Fonte Nova, Salvador
Time provável: Julio Cesar; Joazi, Eduardo, Rafael Pereira e Mateus Muller; Gastón Filgueira, Maylson e Bergson (Renan Oliveira); Rony, Jefferson Nem (Taiberson) e Rafael Coelho
Lesionados: Walber, Ronaldo Alves e Rodrigo Souza
Transmissão: Sportv (para todo o Brasil, menos Bahia) e Premiere FC
Arbitragem: João Batista de Arruda (RJ) apita, auxiliado por Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Daniel Vidal Pimentel (SE).




Santa Cruz está perto de anunciar lateral direito Mario Sérgio, ex-Joinville

Joinville Site oficial/Divulgação

O Santa Cruz está perto de ganhar seu quinto reforço para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série A. Trata-se do lateral direito Mario Sérgio, de 24 anos. O jogador estava no Joinville e deve se juntar a um setor que já conta com outras três peças. Além de Vitor, Milton Mendes tem o experiente Léo Moura e Lucas Ramon. O jogador, inclusive, treinou com o grupo na tarde desta segunda-feira, no Arruda. O clube aguarda a divulgação dos exames médicos para confirmar oficialmente a contratação.

Natural de Baixa Grande, na Bahia, Mario Sérgio começou na base do Vitória-BA. Depois, o jogadorpassou por Atlético Paranaense, em 2013 e 2015, e estava no Joinville.Neste ano, Mario Sérgio disputou nove partidas pelo Joinville. Em todas, saiu do banco de reservas. O último jogo em que esteve em campo foi no empate em 1 a 1 com a Chapecoense, pelo campeonato estadual. Em seguida, pediu a rescisão do contrato.

Para a disputa da Série A do Brasileiro, o Santa Cruz já acertou com outros quatro reforços. Para a lateral esquerda, o clube trouxe Roberto, que ainda não estreou pelo clube. Além dele, o técnico Milton Mendes passou a contar com o volante Alex Bolaño, o meia Fernando Gabriel e o atacante Everaldo.




Com Roberto, Santa Cruz se prepara para o clássico

Atualizada às 20h30

O lateral-esquerdo tem tudo para fazer sua estreia com a camisa do Santa Cruz. Com a suspensão de Tiago Costa, que levou o terceiro amarelo, o jogador foi acionado como substituto no treinamento desta segunda-feira, no Arruda. Roberto disputava com Allan Vieira a vaga no time titular que enfrenta o Sport, nesta quarta-feira, no Arruda.

 

 

Quem também treinou foi o lateral-direito Léo Moura. O atleta saiu com dores na coxa durante a partida contra a Chapecoense e poderia desfalcar os corais. Mas como participou das movimentações nesta segunda não deve ser problema.

Já o restante da equipe foi a mesma que empatou com a Chapecoense. Milton Mendes formou assim o time no treinamento: Tiago Cardoso, Léo Moura, Alemão, Danny Morais e Roberto; Uillian Correia, João Paulo, Wallyson, Arthur e Keno; Grafite.

NEGOCIAÇÃO – O Santa Cruz pode anunciar mais um lateral-direito para a Série A. O Tricolor procurou Mário Sérgio, que estava no Joinville, e está perto de confirmar o jogador. Segundo o repórter João Victor, da Rádio Jornal, o atleta já está no Recife para finalizar as negociações.

DE FORA – O volante Wellington Cezar vai ficar cerca de dez dias afastado. Ele passará por uma artroscopia no joelho direito para retirada de corpo estranho. Já o zagueiro Néris apresentou edema na coxa esquerda e ficará cinco dias afastados. O lateral-direito Vitor foi para a transição.




Náutico não quer perder o ritmo diante do Bahia na Série B

Foto: André Nery/JC Imagem

“Trocar o pneu do ônibus em movimento”. O ditado resume a missão do técnico Alexandre Gallo no comando do Náutico. Depois de três fracas atuações contra o Criciúma, Vila Nova e Londrina, o Timbu teve uma apresentação convincente na goleada por 5×0 em cima do Sampaio Corrêa, na última sexta-feira (27), na Arena Pernambuco. Por isso, a ideia do Alvirrubro é não perder o ritmo. No que depender do técnico Alexandre Gallo, o time vai manter a mesma pegada.

“A nossa postura sempre vai ser de uma marcação adiantada. Quanto mais próximo roubarmos a bola do gol adversário, mais vamos ter chances claras de gol. Temos jogadores rápidos que fazem bem o mano a mano”, afirmou o treinador.

O atacante Rony seguiu o mesmo discurso do comandante. Além disso, ele argumentou que a goleada na última partida serviu para o time ganhar uma moral. “Temos que continuar marcando firme e forte. Levamos a seriedade para dentro do campo e conquistamos o resultado positivo. É preciso manter isso”, finalizou Rony.




Sport perde do Corinthians e emprego de Osvaldo corre risco veja os gols




Tricolor deixa escapar vitoria diante da Chapecoense veja os gols




Sport x Corinthians – se perder Osvaldo fica na corda bamba

Leão não vence há mais de um mês. Foto: André Nery/JC Imagem

É vencer ou vencer. Não existe outra opção para o Sport neste domingo, às 11h, contra o Corinthians, pelo Brasileirão. Sem ganhar há sete jogos, o Leão tem obrigação de bater o clube paulista na Ilha do Retiro. Somente a vitória pode acalmar os torcedores, que não aguentam mais o jejum de mais de um mês sem comemorar um êxito da equipe. De quebra, os rubro-negros podem sair da incômoda 17º posição, onde os pernambucanos estão com apenas um ponto. O adversário é o sexto com quatro.

Velhos amigos de volta

Agora no time paulista, André ainda é desejado pelos rubro-negros. Foto: André Nery/JC Imagem

Diante do Corinthians, o torcedor do Sport terá pela frente velhos conhecidos. Agora no time paulista, André e Marlone retornam à Ilha. A dupla fez sucesso no ano passado com a camisa rubro-negra, quando o Leão ficou em sexto no Brasileirão. Os dois foram para São Paulo e deixaram saudades entre os leoninos, que ainda sonham com o retorno de pelo menos um deles. No duelo de domingo, ambos devem ficar no banco.

FICHA DA PARTIDA – SPORT X CORINTHIANS

Sport: Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Rithely, Serginho e Diego Souza; Gabriel Xavier, Éverton Felipe e Edmilson. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Corinthians: Walter, Fagner, Felipe, Vilson e Uendel; Cristian e Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Guilherme e Giovanni Augusto; Luciano. Técnico: Tite.

Brasileirão (4ª rodada). Local: Ilha do Retiro, Recife (PE). Horário: domingo, às 11h. Árbitro: Wagner Reway (MT). Aulixiares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT).




Chapecoense recebe líder Santa Cruz

A Chapecoense pode não aparentar ser o maior desafio do líder Santa Cruz até agora no Campeonato Brasileiro da Série A. Porém,  o time catarinense também costuma surpreender. A Chape tem cinco pontos, invicta como o primeiro colocado tricolor, e é a 5ª colocada na tabela. Além disso, o Santa Cruz tem um adversário extra: o frio previsto para a noite deste sábado (28) em Chapecó. Por isso, todo cuidado é pouco para os corais. O jogo acontece às 21h, na Arena Condá.

ADVERSÁRIO

A Chapecoense ainda não perdeu no Brasileirão. Os catarinenses estrearam com empate sem gols, contra o Internacional, venceram o América-MG em casa, pelo placar de 3×1, e voltaram a empatar na última rodada, com o Flamengo, por 2×2.

Nesta sexta, o time verde e branco apresentou oficialmente dois novos reforços, o zagueiro Demerson e o volante Sérgio Manoel. Os dois já podem defender o time na Série A. Já o atacante Ananias desfalca o time desde a segunda rodada e deve ficar três semanas fora.

FICHA TÉCNICA – CHAPECOENSE X SANTA CRUZ

Chapecoense – Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego (Rafael Lima) e Dener Assunção; Gil, Josimar e Cleber Santana; Lucas Gomes, Bruno Rangel e Silvinho. Técnico: Guto Ferreira

Santa Cruz – Thiago Cardoso; Léo Moura, Neris, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, Alex Bolaño e João Paulo; Arthur, Keno e Grafite. Técnico: Milton Mendes

Brasileirão (4ª rodada). Local: Arena Condá, Chapecó (SC). Horário: sábado, às 21h. Árbitro: Rafael Traci (PR). Assistentes: Pedro Martinelli Christino e André Luiz Severo (ambos do Paraná)




Náutico arrasador 5 x 0 Sampaio Correa




Inter 1 x 0 Sport – Que fase, até Renê faz gol contra

O Sport perdeu com gol contra de Renê. Foto: Divulgação/Internacional

Ainda não foi dessa vez que o Sport reencontrou a vitória nesta temporada. Fora de casa, o Leão mais uma vez foi presa fácil e perdeu para o Internacional, no Beira-Rio, na tarde desta quinta-feira. O único gol da partida foi marcado contra pelo lateral-esquerdo Renê. Foi a segunda derrota rubro-negra no Brasileirão. Além disso, os pernambucanos acumulam uma sequência de sete jogos sem vencer. A última vitória já completa mais de um mês, contra o Salgueiro, no dia 21 de outubro.

FICHA TÉCNICA – INTERNACIONAL 1 X 0 SPORT

Internacional – Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Anselmo (Gustavo Ferrareis), Fabinho e Andrigo (Nilton); Eduardo Sasha e Vitinho (Aylon).

Sport – Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Rithely, Serginho (Luiz Antônio), Gabriel Xavier e Éverton Felipe (Lenis); Vinícius Araújo (Túlio de Melo) e Diego Souza.

Brasileirão (3ª rodada). Local: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS). Árbitro: Igor Júnio Benevenuto (MG).Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Marconi Helbert Vieira (MG). Gol: Renê (contra – Sport) Amarelos:Vitinho (I), Vinícius Araújo (S), Eduardo Sasha (I), Paulão (I) Público: 28.751 Renda: R$ 891.140,00.